SOUND HEALING

CURA PELO SOM

Todas as grandes civilizações conhecidas utilizaram o som e a música como forma de cura.
As civilizações egípcia, hindu, grega, maia e tibetana, entre outras, tinham um vasto conhecimento em como aplicar os sons para este fim.

Os monges tibetanos são um exemplo vivo disto até hoje, com seu canto gutural, cornetas, “gongs” e tigelas de metal.

Os aborígenes australianos utilizam o didgeridoo para cura e os nativos americanos usam a entonação e sons repetitivos com instrumentos criados a partir da natureza (p.e. o tambor) em cerimônias sagradas.

Para os índios tupi-guarani, a palavra é a fonte da criação: “Até que então ele olha para o céu, suspira, e lhe vem na mente uma palavra: – Arara. Assim surge a primeira arara no mundo.”

som_home

O som é utilizado de forma sagrada pela humanidade há muitos séculos.

O uso do som era tanto para curar quanto para unir em cerimônias ritualísticas e celebrar.

A cura com som remonta à Grécia antiga, quando a música era usada na tentativa de curar transtornos mentais. Ao longo da história, a música foi usada para elevar o moral das tropas militares, ajudar as pessoas a trabalhar mais rápido e mais produtivamente e até mesmo afastar os maus espíritos com cânticos.

Mais recentemente, pesquisas relacionaram a música a uma série de benefícios à saúde, desde o aumento da função imunológica e redução dos níveis de estresse até a melhoria da saúde de bebês prematuros.

Pode ser considerado o bem-estar da nova era, mas uma cura sólida dificilmente é uma nova forma de terapia. Os gregos antigos usavam a música para curar transtornos mentais e, ao longo da história, o som tem sido usado para ajudar as pessoas a trabalhar mais rápido, influenciar e elevar o moral. O som pode provoca a auto-cura do corpo. Isso porque os humanos têm um instinto natural para terapia de som. Pense em como uma música favorita pode melhorar seu humor.

É claro que, atualmente, a cura pelo som pode assumir muitas formas diferentes. Por serem intuitivos, a música e a voz ainda são muito populares. No entanto, muitos praticantes preferem usar instrumentos como tigelas tibetanas, tigelas de cristal de quartzo, diapasões e gongos. Isso porque eles podem funcionar mais rápido para alcançar um efeito de cura.

A cura pelo som sincroniza as ondas cerebrais para atingir estados profundos de relaxamento, ajudando a restaurar as frequências vibratórias normais das células em nossos corpos.

O som é uma forma de energia causada por vibração; combinando com o ritmo, resulta em música. As vibrações passam para a atmosfera sob a forma de propagação ondulatória quando então o ouvido humano torna-se capaz de captá-las, resta o cérebro para fazer a interpretação para dar sentido.

O número de vibrações na unidade de tempo chama-se frequência. As unidades de medida de frequência sonora são representadas pelo Hertz. Por sua vez, notas musicais são vibrações sonoras comunicadas através do ar e as freqüências de todas as notas de uma escala musical ficam definidas quando se fixa a freqüência de uma delas. Os músicos de hoje fixam a freqüência da nota La com 440Hz, mas sabemos que em outras épocas não havia esse padrão.

O som, a luz e o perfume são modificações vibratórias de um mesmo elemento, tal como a luz branca quando transpassada num prisma desdobra-se numa diversidade de cores, é a partir do desdobramento de um único som primordial que podemos denominar como “som cósmico” ou “vibração universal”, que surgem os diferentes sons de diferentes frequências, é o princípio de unidade na diversidade.

Em física, uma curiosa frase diz o seguinte: “Os átomos reagem e se comportam como se tivessem padrões de ressonância e estabelecem um sistema que desintegra possíveis barreiras entre a Física e a Música”. A ciência moderna tende a confirmar a existência de uma vibração universal, superfísica, causa de toda matéria e de todo som, algo que já foi enunciado há milênios pelos Mestres do Antigo Egito no Princípio Hermético de que “Nada está parado; tudo se move; tudo vibra.” Desta forma compreendemos que a estrutura do universo é essencialmente vibratória, e que de certa forma há um som Uno da causa vertido na pluralidade dos efeitos.

Música é Medicina

Assista ao vídeo do renomado palestrante Michael Boidy.
Reproduzir vídeo

Música é Medicina

Assista ao vídeo do renomado palestrante Michael Boidy.
Reproduzir vídeo

SOUND HEALING

Benefícios da Terapia do Som

Simplesmente, isso envolve o uso de vibrações sonoras para relaxar sua mente e corpo...

As Sessões

O estresse desencadeia a atividade do sistema nervoso simpático, responsável...

O que é Sound Healing?

Pesquisas relacionaram a música a uma série de benefícios á saúde...